/ Articles / Interview
"Com apresentação marcada para o dia 27 de setembro em Curitiba, abrindo o show de Bon Jovi na Pedreira Paulo Leminski, a banda norte-americana conversou com a reportagem da Tribuna do Paraná para contar um pouco sobre sua expectativa em relação à passagem pela capital paranaense, além de outras três cidades que vão receber a mesma turnê. A banda, fundada em 1986 pelo vocalista Johnny Rzeznik, o baixista Robby Takac e o baterista e ex-integrante George Tutuska, ficou famosa com a canção Iris, da trilha sonora do filme Cidade dos Anjos (1998), e se prepara para o lançamento de um novo álbum, além da turnê pelo Brasil.

Por telefone, o vocalista Johnny Rzeznik disse estar empolgado com a sua primeira apresentação no Brasil. Ele já está pesquisando informações sobre Curitiba pela internet e espera uma recepção calorosa do público. Contamos a ele que o público daqui é caloroso, gosta de boa música e aprecia o rock, mas que é também exigente e está ansioso para a chegada da turnê. “Que bom. Fico feliz em saber. Esperamos uma recepção calorosa. Também vamos dar o máximo para agradar a todos”, disse.

“Por ser a primeira vez no Brasil, estamos preparando um setlist especial, com as músicas mais populares, para que todo mundo se identifique. Vamos escolher canções que nós gostamos muito. Que todo mundo vai gostar também”, revelou. Quem aposta na presença da famosa Iris pode ficar despreocupado. “Essa canção é como um presente. Fomos abençoados por ela, pois nossa carreira decolou. Quando estamos juntos, tocando Iris com a banda, sentimos uma energia muito boa, que procuramos transmitir para fãs. São good vibes”, contou.

Rzeznik revela que o país é um grande mercado para eles e que tocar na turnê com Bon Jovi tem sido uma boa oportunidade. “Nossa performance ao vivo acaba sendo para milhares de pessoas. Tenho certeza de que o público em Curitiba terá uma experiência fantástica. Nós queremos que todos mergulhem no setlist tanto quanto mergulharam os fãs das turnês pela Europa, Estados Unidos e Japão. Como a banda que vai abrir o show para o Bon Jovi, vamos trabalhar duro para fazer um grande show”, comentou o vocalista. “Apesar da banda nunca ter estado aí, as redes sociais nos conectam. O público sabe quem somos. Claro que tocar no palco, direto para os fãs, é uma história diferente. É quando todo mundo vai poder dizer olá, poder se conectar. Eu também quero me conectar, viver esse momento”, adiantou o vocalista.

No Brasil, a Goo Goo Dolls se apresenta primeiro em Recife (PE), no dia 22 de setembro. Em seguida, no dia 25, toca em São Paulo (SP); em Curitiba o show será no dia 27, na Pedreira Paulo Leminski; e a última apresentação será dia 29, no Rio de Janeiro (RJ), dentro do Rock in Rio 2019. Em paralelo aos shows da turnê, que começaram em junho e vão até outubro, a Goo Goo Dolls segue trabalhando com Miracle Pill (em português, ‘pílula milagrosa’), o 12º álbum de estúdio da banda (11 faixas), com lançamento mundial prometido para 13 de setembro. As gravações são pela Warner Records e a produção foi anunciada há mais de um mês.

Lançamento em setembro

Um gostinho do que o público vai encontrar nas faixas do álbum está no Youtube. O vídeo da música Miracle Pill (faixa 3) apresenta Johnny Rzeznik e Robby Takac com roupas brancas, instrumentos brancos, em uma sala branca decorada com móveis brancos. As cores surgem aos poucos, com os músicos arremessando porções de tinta por todo o espaço, quando a “pílula milagrosa” vai surtindo efeito. Os dois, inclusive, tomam as pílulas. A alegria é tanta que sobra para os móveis e dá direito à chuva de papéis picados, iguais aos utilizados em finais de campeonatos de futebol. A direção é de Ed Gregory & Dan Cooper.

“Queria cantar sobre a necessidade de conexão humana e a constante mudança que passamos como pessoas. Este trabalho incorpora esses temas e eu acho que todos nós podemos nos relacionar”, disse Rzeznick sobre o disco. “Pelas redes sociais, nossos fãs comentam que tem sido uma boa experiência. Quer estar bem, toma uma pílula. Quer emagrecer, toma uma pílula. Quer se relacionar, toma uma pílula. É o retrato de que as pessoas querem tudo no mesmo instante”, afirma.

Com mais de 30 anos juntos como uma banda, mais de 12 milhões de álbuns vendidos e 14 hits número um e Top 10 no Hot AC, o Miracle Pillencontra Goo Goo Dolls em uma ótima fase. Toda a coleção de músicas do álbum oferece musicalidade envolvente, emoção e letras íntimas e relacionáveis ​​que refletem sobre o cenário atual de gratificação instantânea e alívio que todos parecem estar buscando."
Previous article
Robby's Lobby #150
Next article
Aboard Jon Bon Jovi’s Runaway to Paradise Cruise: the Sights and Sounds of Superfandom